arrow_back

Resultado da busca por: "se o seu"

play_circle_filled play

Lindsey e o dinheiro | Já Chegamos? no Comedy Central

Se o seu filho está te agradando demais, comece a duvidar... #JáChegamosNoComedy

???? Já Chegamos? | Seg a Sex, às 18h30

????????? ????????????????????????????????????+ ?????????
Os programas do Comedy Central estão disponíveis no ????????????????????????????????????+!
Experimente ????????Á???????????? por 7 dias!
Baixe ???????????????? ? https://smart.link/hx3nu6kxrq41w
????????? ????????????????????????????????????+ ?????????

???? NÃO ESQUECE DE SE INSCREVER: https://bit.ly/YTCCBrasil
???? Curtiu o vídeo? Deixa seu like e comenta o que mais gostou!

?Facebook:
https://www.facebook.com/comedycentralbr
?Twitter:
https://twitter.com/ComedyCentralBR
?Instagram:
https://www.instagram.com/comedycentralbr/

Reserva de emergência, entenda o que é e como cuidar da sua

Você já ouviu falar em reserva de emergência? Se nunca ouviu falar, vai ler sobre ela agora e entender porquê é interessante ter uma para não prejudicar os seus investimentos.


É comum que as pessoas que entrem na renda variável percam tudo lá por não estarem com as contas em dia. Gente que compra R$1.000,00 em ativos voláteis, se veem necessitados desse dinheiro e, quando percebem, por conta de uma queda no mercado, precisam realizar um prejuízo de R$900,00 ou até menos.


reserva de emergência

Julius Rock, um dos caras que mais guardou dinheiro da história da humanidade


Muita gente já passou ou conhece alguém que passou por isso e essa situação machuca muito o investidor, é uma verdadeira facada no ego de qualquer um.


Para isso, é importante guardar uma parte do dinheiro que você produz numa reserva de emergência, afinal, se uma crise apertar, é de lá que você vai tirar enquanto ganha fôlego para continuar investindo em ativos voláteis.


É fato que o primeiro lugar em que você precisa investir é em você e em como ganhar mais dinheiro, pois assim você consegue guardar mais e investir mais, então, vou pular esta parte e trabalhar apenas com possíveis porcentagens para guardar.


Lembrando que nada do que estiver aqui é dica de compra de ativos, é apenas um exemplo usado para explicar como guardar dinheiro pode te ajudar.


Guardar dinheiro é essencial


Muitas pessoas se perguntam como fazer para guardar dinheiro e, mesmo assim, ainda ter uma vida social.


A melhor forma é da mesma forma que as coisas mais importantes da vida funcionam, devagar e de forma recorrente.


Se você recebe um salário mensal de X, guarde a quantia que puder disso, seja 5%, 10% ou acima de 20%, valor reservado a pessoas que moram com os pais ou que tem vida financeira mais abastada.


Que seja 1%, mas crie o HÁBITO DE GUARDAR.


Se você tem isso como hábito, saberá como se comportar ganhando muito dinheiro ou pouco dinheiro.


No dia que você receber o seu salário ou pelo serviço que praticar, transfira imediatamente a porcentagem escolhida para uma conta à parte.


Por exemplo, se você é um profissional liberal que recebeu R$100,00 por um serviço prestado, transfira R$10,00 para uma outra conta que não a sua conta corrente.


O mesmo vale para salários cheios no mês, corte na fonte, assim como é feito com o seu INSS pelo seu patrão.


Fez um serviço a mais? Ao invés de gastar, guarde.


Trabalhando as reservas


Quando se fala em investimentos, é importante trabalhar de forma anualizada e não mensalmente ou semanalmente.


Teste guardar parte do seu dinheiro por um ou dois anos, você encontrará prazer nisso.


Uma pessoa que guardou R$100,00 ao mês ao longo de um ano terá R$1200,00 ao final deste ano e ainda terá uns quebrados a mais se investir numa renda fixa. É pouco e não resolve sua vida? É, mas é mais do que se você decidir por gastar essa grana o ano inteiro.


Como a reserva de oportunidade e a reserva de emergência são diferentes, tente usar bancos diferentes para isso e os bancos digitais são ideais para este manejamento.


O Nubank, por exemplo, possui um pequeno rendimento do CDI na própria conta corrente e pode ser usado como reserva de emergência, uma vez que você pode precisar do dinheiro na hora e a qualquer momento.


Assim como o Nubank, o Banco Inter também possui investimentos de renda fixa, porém, se o seu dinheiro estiver lá num final de semana ou feriado, será difícil resgatar. Melhor usar como reserva de oportunidade, quando você vê um bom negócio passando na sua frente e quer aproveitar, afinal, a conta corrente deles não rende nada.


Se você decidiu guardar 50% em reserva de emergência e 50% em reserva de oportunidade, é possível colocar R$100,00 num mês na reserva de oportunidade e R$100,00 no outro mesmo na reserva de emergência.


Entrando na renda variável


Ao longo de uns 2 anos, com esta pequena reserva, você pode ir começando a colocar o pé na renda variável. Sim, é igual colocar o pezinho na água gelada.


No primeiro mês você coloca os R$100,00 na reserva de oportunidade, no segundo mês você coloca os R$100,00 na reserva de emergência e no terceiro, você finalmente compra suas primeiras ações.


Com R$2.600,00 guardado naquele momento, você vai ficar tranquilo em ver a sua renda variável subindo e descendo.


Tente não pesar a mão já neste ano.


No ano seguinte, caso se sinta confortável, aí sim use um mês para renda variável e outro para renda fixa.


R$100,00 ao mês não irá te deixar rico, eu não vou te iludir, mas vai te ensinar a guardar, que é onde a maioria das pessoas pecam.


Conclusão


Especialistas dos mais variados costumam dizer que é interessante ter uma reserva de emergência de 6 salários iguais ao seu salário atual, fazendo com que você possa passar 6 meses sem emprego e, ainda assim, não mexer nos seus investimentos.


Quem decide isso é você, então, nada impede que você decida diminuir para 3 meses ou aumentar para 9, mas o importante é que você nunca viva sem uma reserva de emergência e, se possível, com uma de oportunidade.


Isso fará com que seus investimentos permaneçam sadios e intactos por mais tempo, dando tempo para os juros compostos trabalharem a seu favor.


O post Reserva de emergência, entenda o que é e como cuidar da sua apareceu primeiro em O Macho Alpha.

10 países onde você quase não paga impostos

Você sabia que existem países onde você quase não paga impostos? Apesar de parecerem inexistentes, esses verdadeiros oásis existem na terra.


Eu sei que de um país onde mais da metade do que você produz é devorado pelo estado através dos impostos é difícil de imaginar que é possível viver num país que quase não se pague tributos ao estado, mas é surpreendente como algumas nações conseguem viver sem destruir a vida dos seus moradores com impostos agressivos e crescentes.


Vamos a eles.


10 . Mônaco



O Principado de Mônaco não tem nem 40 mil pessoas morando lá, é menor que MUITAS pequenas cidades brasileiras, mas é um local conhecido como um dos melhores paraísos fiscais da Europa.


O que você entende por paraíso fiscal? Se você entende como um lugar onde você coloca dinheiro no banco e o estado não te pergunta de onde veio, você entende certo.


Apesar de ser tranquilo com relação à maioria dos impostos, mas caro para viver, é necessário pagar em média 13% para a segurança social.


09 . Andorra



Andorra está endurecendo cada vez mais a entrada de imigrantes para o país. O motivo? Os impostos lá são bem baixos.


Com uma população de pouco mais de 77 mil pessoas, Andorra também é um Principado e o auxílio para o governo gira em torno de 5 e os 9%.


08 . Brunei



Brunei não tem nem meio milhão de pessoas morando lá e é um país asiático bem fechado, assim como um time jogando bonito.


O Sultão do local é um dos homens mais ricos do mundo e a população provavelmente é muito feliz, afinal, praticamente não há impostos.


07 . Emirados Árabes Unidos



Os mais ou menos 10 milhões de cidadãos dos Emirados Árabes Unidos com certeza são muito felizes, afinal, a sua carga tributária gira em torno de 5% sobre os seus rendimentos.


É como se o seu patrão não precisasse pagar outro salário para o estado como faz aqui no Brasil.


06 . Kuwait



Convenhamos que viver lá deve ser bastante penoso, afinal, o país esteve recentemente em uma guerra, então, talvez viver no Brasil com mais de 50% de impostos seja melhor do que viver no Kuwait.


De qualquer forma, o único imposto do país é U$173,00 ao ano para custear a saúde.


05 . Catar


impostos


Ser um estrangeiro no Catar é menos agressivo do que ser um brasileiro no Brasil.


Assim como vários países do Oriente Médio, o Catar não cobra impostos, inclusive de estrangeiros.


04 . Maldivas



As Maldivas não cobram impostos dos seus cidadãos, mas se você viajar para lá como turista, prepare-se para levar uma porrada de mais de 20% de impostos sobre tudo o que consumir.


03 . Bahamas



O paraíso fiscal com nome do prostíbulo mais famoso do Brasil tem impostos que giram em torno de 11,8%.


02 . Vanuatu



Descoberto por portugueses como o Brasil, Vanuatu, foi disputada por franceses e ingleses.


No final das contas, um novo estado surgiu e este estado cobra em torno de 3% em impostos para a previdência social.


01 . Ilhas Cayman



Estas ilhas são alguns dos lugares mais odiados pelos fiscos do mundo, afinal, contam com uma tributação ínfima, o que faz com que o local seja um imenso paraíso fiscal.


O post 10 países onde você quase não paga impostos apareceu primeiro em O Macho Alpha.

Confira 4 erros “burros” que apostadores cometem comumente

Blog Humor da Terra - Blog de humor, site de humor, memes, zoeira, tirinhas, vídeos engraçados, curiosidades



Existem muitos erros em apostas que os iniciantes cometem e que causam bastante estresse ou até acarretam em perda de muito dinheiro.


Listamos alguns dos piores erros que quase todo apostador comete ou já cometeu. Esse é um assunto que até pode gerar uma certa polêmica, afinal, não existe uma verdade absoluta no tema. Porém, é necessário saber que se prevenir e tomar alguns cuidados nunca é demais, não é? Com isso, separamos alguns dos piores erros que os apostadores podem cometer. Além desses, claro, existem outros deslizes que podem ser cometidos, e, como alguns dizem, no final o que conta é o saldo no banco. Se o seu já tá negativo, fique longe!


Apostar por impulso: Muitos apostadores cometem bastante esse erro, às vezes simplesmente por ler uma notícia em determinado site, seja de um desfalque importante do time x ou y, ou que há briga interna no elenco e pronto, o apostador já pensa que encontrou uma mina de ouro e que aquela aposta é maravilhosa. Ela não é.


Além dos desfalques, brigas internas, deve-se pensar em cima das circunstâncias e resultados que serão prováveis como um todo e não aqueles que gostaríamos que acontecessem. A realidade objetiva é indiferente aos seus impulsos.


Falta de conhecimento: Pode até parecer um pouco óbvio que falta de conhecimento esteja nesta lista, mas acredite, não é. A falta de conhecimento se refere a um tipo específico de conhecimento, que é sobre as apostas no sentido de realmente entender os seus aspectos. Muitos acham que basta conhecer a plataforma em que estão apostando, porém é preciso entender também como um determinado padrão de apostas pode ser maléfico ou benéfico para sua banca a longo prazo.


Apostar sem entender os aspectos das apostas pode ser considerado um desastre se você quer que a sua banca cresça de maneira sólida.


Não ler as regras da casa: Não é só nas apostas que as pessoas cometem esse erro. Raramente as pessoas leem os termos e condições de algum serviço que estão utilizando, podemos estipular seguramente que no mínimo 95% das pessoas concordam com as especificações dos termos, sem antes ler o que ali está. Entretanto, é preciso concordar que a leitura da maioria desses termos e condições podem ser complexas e de difícil entendimento. Mas desistir de tentar entender as regras da casa pode resultar em limitações, cancelamento de contas e, principalmente, em prejuízo.


Não escolher a casa de apostas com cuidado: Por último, mas não menos importante, é a escolha da casa de apostas para iniciar seus jogos. É necessário saber que apesar de não ter ainda uma empresa brasileira de apostas fora das lotéricas e suas parceiras, existe uma grande quantidade de sites que disponibilizam o serviço no idioma nacional, sendo totalmente voltado para o público brasileiro. Além disso, sites como a Netbet, entre outros, possuem um padrão real de segurança, com privacidade dos dados do usuário etc. A segurança é uma área de grande relevância para esse tema e por isso não deixe de dar preferência para as casas de apostas que já possuem um grande know-how do mercado.


O post Confira 4 erros “burros” que apostadores cometem comumente apareceu primeiro em Blog Humor da Terra.

MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores