arrow_back

Resultado da busca por: "Reinaldo Azevedo"

Cirque du Soleil abre seleção no Brasil após exibições de malabarismo em defesa de Waack

Nos últimos dias, muitos jornalistas usaram seus espaços para defender o colega William Waack da acusação de ser racista. Waack foi gravado dizendo “é coisa de preto” sobre o motorista que buzinou enquanto se preparava para ir ao ar ao vivo nos EUA. Isso mostra a sofisticação do jornalismo da Globo, que consegue identificar a cor de uma pessoa só pelo som da buzina.


Até agora, se revezaram em colunas defendendo o “deslize” de Waack, um “grande profissional” Augusto Nunes, Reinaldo Azevedo, Rachel Sheherazade, Mônica Waldvogel, José Roberto Guzzo, Gilmar Mendes e Silas Malafaia.


Os malabarismos para justificar a apavorantemente nítida opinião de Waack sobre a raça negra não são fáceis de executar. Tanto que chamaram a atenção do Cirque du Soleil, que virá ao Brasil fazer um “casting” entre estes profissionais.


Enquanto fazem bem o malabarismo usando argumentos sobre as qualidades profissionais e pessoais de Waack, muitos deixam cair as bolas quando dizem que rechaçar a atitude do ex-âncora do Jornal da Globo é bandeira “esquerdista”.


Augusto Nunes os chamou de “fanáticos extremistas, perdedores congênitos, patrulheiros esquerdopatas, cretinos fundamentais e idiotas em geral”. Sheherazade, de “esquerdistas acéfalos e medíocres de todas as nuances”. Para Joice Hasselmann são “babacas, patrulhadores recalcados, gente idiota”.


(Com ideia de Marcos Sacramento)


 



Pessoas sãs querem processar Fachin por lhes fazer defender Reinaldo Azevedo

O STF divulgou a transcrição de uma conversa entre o jornalista Reinaldo Azevedo e Andreia Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves. Na conversa, não há qualquer tipo ilícito penal – o que viola o inciso XIV do 5º artigo da Constituição Federal, que garante ao jornalista o direito do sigilo de fonte.


(Chegou-se a divulgar no site Buzzfeed que o vazamento teria saído do PGR de Rodrigo Janot, mas a Folha de S. Paulo apurou que a transcrição estava no pacote de grampos cujo sigilo foi extinto por Edson Fachin na semana passada).


A divulgação autorizada por Edson Fachin uniu jornalistas e comentaristas em defesa de Reinaldo Azevedo, que nas últimas semanas vinha criticando duramente o que chamava de abusos cometidos pela PGR e pela operação Lava Jato.


Pessoas clinicamente sãs também saíram em defesa de Reinaldo em nome do estado de direito. O complicado colunista, por exemplo, comemorou a divulgação ilegal dos grampos feitos nas conversas de Lula no ano passado.


“Tive que tomar dois dramins para conseguir escrever um texto de apoio a este senhor que já chamou Laerte de ‘baranga’, ‘falsa senhora’ e ‘homem-mulher’, destila ódio antipetista entre seus leitores injuriando políticos adversários e se mete em arranca-rabos tão tristes quanto escatológicos com os ex-amigos Diogo Mainardi e Olavo de Carvalho”, escreveu um internauta.


Um grupo de jornalistas já entrou com uma ação contra Rodrigo Janot por tê-los feito defender o direito de expressão de Reinaldo Azevedo. “Aguentar aquela cavalgadura obrando asneiras faz parte do jogo, mas brigar para que ele fale mais é caso de danos morais contra nossa classe”, escreveu um jornalista.


M Zorzanelli



Pessoas sãs querem processar Janot por lhes fazer defender Reinaldo Azevedo

O PGR (Partido Geral da República) divulgou na tarde de hoje o áudio de uma conversa entre o jornalista Reinaldo Azevedo e Andreia Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves. Na conversa íntima, não há registro de qualquer tipo ilícito penal – o que viola frontalmente o inciso XIV do 5º artigo da Constituição Federal, que garante ao jornalista o direito do sigilo de fonte.


A divulgação autorizada por Rodrigo Janot uniu jornalistas e comentaristas em defesa de Reinaldo Azevedo, que nas últimas semanas vinha criticando duramente o que chamava de abusos cometidos pela PGR e pela operação Lava Jato.


Pessoas clinicamente sãs também saíram em defesa de Reinaldo em nome do estado de direito. O complicado colunista, por exemplo, comemorou a divulgação ilegal dos grampos feitos nas conversas de Lula no ano passado.


“Tive que tomar dois dramins para conseguir escrever um texto de apoio a este senhor que já chamou Laerte de ‘baranga’, ‘falsa senhora’ e ‘homem-mulher’, destila ódio antipetista entre seus leitores injuriando políticos adversários e se mete em arranca-rabos tão tristes quanto escatológicos com os ex-amigos Diogo Mainardi e Olavo de Carvalho”, escreveu um internauta.


Um grupo de jornalistas já entrou com uma ação contra Rodrigo Janot por tê-los feito defender o direito de expressão de Reinaldo Azevedo. “Aguentar aquela cavalgadura obrando asneiras faz parte do jogo, mas brigar para que ele fale mais é caso de danos morais contra nossa classe”, escreveu um jornalista.


M Zorzanelli



SBT fará novela mexicana com briga de Mainardi e Reinaldo, “A direita de nascer”

O SBT confirmou que já está em fase de produção de roteiro a novela mexicana “A direita de nascer”. O folhetim vai relatar a briga entre Diogo Mainardi e Reinaldo Azevedo. A novela vai contar a história de dois amigos que acabaram virando antagonistas. Uma das cenas mais marcantes será a que Diogo dirá “Vai dar a bunda, Reinaldo”.


Inconformado, Reinaldo passará noites fazendo posts em seu blog relembrando tempos felizes e contando histórias do passado, que vão ser encenadas com efeito fumaça para dar a ideia de flashback.


Uma das grandes reviravoltas está no capítulo em que Reinaldo escreveu críticas à Lava Jato e passou a ser elogiado por petistas, que até então o execravam. Os dois eram companheiros há pouco tempo. Hoje, Diogo joga tarô e prevê, todo dia, que Lula será preso amanhã.



Diogo Mainardi e Reinaldo Azevedo ganham pernoite em motel para resolver diferenças ideológicas

O colunista Reinaldo Azevedo, conhecido por suas posições políticas, vem sofrendo com o estranhamento que antigos seguidores acusam a respeito de suas crônicas mais recentes.


Sua coluna acusando o juiz Sérgio Moro de ter feito “picadinho” do devido processo legal no depoimento dado pelo ex-presidente Lula na última quarta-feira fez com que seguidores o tachassem de “comunista” para baixo.


A última de Reinaldo foi conclamar Diogo Mainardi a por fim ao meme “LULA PRESO AMANHÔ perpetuado em seu site de “humor & negócios ‘O Antagonista'” (aspas da coluna de Reinaldo).


A resposta do ex-amigo foi um convite: “Vai dar a bunda Reinaldo”, resposta que alcançou o topo dos Trending Topics do Twitter.


A rede de motéis Operação Com Dor não perdeu tempo. Aproveitou a tensão sexual entre os ex-companheiros de trincheira para oferecer uma promoção.


“Oferecemos nossa suíte temática ‘Bruxo Golbery’, com brinquedos que mexem com a Constituição e projeção de artigos de Olavo de Carvalho nas paredes para criar um clima”, diz o dono do empreendimento.


“Queremos que o casal tenha uma noite de alucinadas discussões sobre o futuro do Brasil”, concluiu.


M Zorzanelli



MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores