arrow_back

Resultado da busca por: "prestes a ser"

15 interessantes curiosidades sobre o filme Toy Story

O filme Toy Story é um dos mais famosos da história e, com certeza, a franquia mais famosa da história das animações.


Como bom filme famoso, ele conta com muitas curiosidades bem interessantes.


John Lasseter, diretor de Toy Story, ligou para a casa de Billy Crystal para oferecer-lhe o papel de Mike Wazowski em Monstros S.A. e quem atendeu o telefone foi a esposa de Billy.


Quando ela disse para Billy que “John Lasseter quer falar com você”, ele só pegou o telefone e disse “sim”.


Essa é a moral deste diretor.



A equipe de animação aperfeiçoou o movimento dos soldados verdes de brinquedo colando um par de tênis em folhas de madeira e e andando com eles.


filme Toy Story


Quando Woody está sentado na cama conversando com Slinky e, mais tarde, quando ele luta contra Buzz, há um desenho dele na parede atrás deles.


Este é, na verdade, um esboço inicial do personagem Woody.



Woody e Buzz Lightyear são inspirados nos brinquedos de infância de John Lasseter.


Ele baseou Woody em seu próprio boneco Gasparzinho de puxar corda e, depois que ele deixou de ser Gasparzinho, ele mudou para um G.I. Joe, um brinquedo chamativo na época de sua infância.



Os primeiros roteiros do filme apresentavam uma boneca Barbie em um relacionamento sério com Woody.


A sequência final original, na qual Buzz e Woody perseguem o caminhão em movimento, foi programada para fazer a Barbie dirigir o seu Corvette para fora do caminhão e resgatar Woody e Buzz do cachorro de Sid, algo similar a Sarah Connor (Linda Hamilton) em O Exterminador do Futuro 2: Dia do Julgamento (1991).


A Mattel, empresa dona da personagem Barbie, recusou, alegando que achava que o filme seria um fracasso e que não queriam que a Barbie tivesse uma personalidade definida, preferindo deixar as crianças imaginarem os traços de personalidade da Barbie por conta própria.


Assim, Barbie foi retirada do roteiro, e seu personagem foi retrabalhado.



Quando o filme provou ser um grande sucesso, a Mattel permitiu que Barbie aparecesse em Toy Story 2 (1999).


Este foi o primeiro filme de animação na história do Oscar a ser indicado ao Oscar de Melhor Roteiro – Adaptado ou Original.



Originalmente, o personagem principal de Toy Story seria Tinny, o personagem do curta-metragem vencedor do Oscar de John Lasseter, Tin Toy (1988).



Os escritores logo perceberam que Tinny era antiquado demais para ser o brinquedo favorito de uma criança.


Logo ele foi substituído por um astronauta de brinquedo em miniatura inicialmente chamado Lunar Larry e mais tarde Tempus de Morph.


Em um dado momento o deixaram mais alto e o rebatizaram como Buzz Lightyear.



O antecessor de Woody era um boneco de ventríloquo.


Toy Story foi o primeiro (e a partir de 2014 o único) filme de animação a receber um prêmio especial da Academia.



Toy Story foi o segundo filme de maior bilheteria de 1995, depois de Duro de Matar 3: A Vingança, batendo sucessos como Apollo 13, 007 Contra GoldenEye e Batman Forever.



A Disney pressionou muito para que o filme fosse um musical (como a maioria dos desenhos animados da época), mas John Lasseter foi contra a ideia.


Ele sentiu que o filme funcionaria melhor como uma comédia do que como um musical. Por fim, ele e a Disney chegaram a um acordo quanto ao fato de que as canções tocariam em momentos importantes, mas não seriam cantadas pelos personagens.



A Pixar não faria um musical até Viva – A Vida é Uma Festa (2017), 22 anos depois.


Randy Newman escreveu a música “Amigo, estou aqui” em apenas um dia.



John Lasseter sabia que tinha uma joia nas mãos quando ouviu soluços adultos vindos de espectadores quando Buzz estava aparentemente quebrado.


Um dos primeiros títulos possíveis para o filme era “You Are A Toy”.



A Jim Henson Company produziu o filme O Natal dos Muppets (1986) para a televisão e o tema era sobre brinquedos que ganham vida quando seus donos humanos não estão por perto.


Nele, Rugby, o Tigre, fica com ciúmes ao descobrir que está prestes a ser substituído como o brinquedo favorito das crianças e, inadvertidamente, lança um novo brinquedo, a Meteora: Rainha dos Asteróides, que não percebe que é um brinquedo e pensa que caiu junto com alienígenas.


Cabe então ao Rugby e aos outros brinquedos convencê-la a aceitar seu papel de brinquedo de Natal e voltar para o seu pacote antes da manhã de Natal.


A Jim Henson Company foi posteriormente comprada pela Disney, assim como a Pixar.



Bill Murray, Jim Carrey, e Chevy Chase foram sondados para interpretar Lightyear.



O post 15 interessantes curiosidades sobre o filme Toy Story apareceu primeiro em O Macho Alpha.

Motorista flagrada bêbada tenta se livrar de prisão alegando ser ‘menina branca, limpa’

Não é propriamente incomum, mas sempre dá uma tristeza quando acontece. Uma mulher de 32 anos chamada Lauren Elizabeth Cutshaw, de Bluffton, na Carolina do Sul, Estados Unidos, teve seu carro parado pela polícia depois de atravessar um sinal vermelho com o dobro do limite de velocidade, a 96 km/h. Segundo relatório do policial, ela estava visivelmente embriagada, com os olhos vermelhos e fala enrolada.


Teria dito que havia tomado duas taças de vinho apenas, mas também havia maconha e aparelhos para o uso da droga no carro, informa a Newsweek com informações do site local Island Packet, do New York Post e do Daily Mail. No bafômetro, acusou 0.18 de nível de álcool no sangue, muito acima dos 0.08 permitidos no estado.


Prestes a ser presa pelos delitos – dirigir alcoolizada, dirigir acima do limite de velocidade, ultrapassar sinal vermelho e levar drogas no carro – e desesperada, passou a usar argumentos completamente estúpidos para escapar da cadeia, informa o relatório dos policiais presentes. Foram enumerados: (1) “tive notas perfeitas a vida inteira”; (2) “fui chefe de torcida”; (3) “era membro de uma irmandade [na universidade]”; (4) “meu parceiro é da polícia”; (5) “sou da National Honor Society” (organização americana de alunos que se destacam nos estudos); e (6) foi formada em uma “universidade muito importante”.


Uma última “credencial” estúpida, porém, é a mais estúpida. “Eu sou uma menina branca, limpa”, teria dito. Quando os policiais perguntaram o que aquilo tinha a ver com os delitos, ela teria respondido: “Você é um policial, deve saber o que isso significa”.


O Mail Online apurou que ela é formada em Administração pela Louisiana State University e pertenceu à irmandade Delta Zeta. No LinkedIn, consta que Cutshaw trabalha como consultora imobiliária. E nada disso faz qualquer diferença para quem dirige em alta velocidade, alcoolizado, atravessa o sinal vermelho e leva drogas no carro. Muito menos ser uma “menina branca, limpa”. Acabou presa e levada ao Centro de Detenção do Condado de Beaufort.



Por que a galinha atravessou a rua? A polícia de Washington entrou no caso

Por que a galinha atravessou a rua? Não… Ainda não temos a resposta certa para o que talvez seja a piada mais antiga do mundo. Mas não foi por falta de tentativa da polícia de Yakima, cidade no estado de Washington, nos Estados Unidos.


O sargento da polícia Ira Cavin estava fazendo sua ronda em uma das rodovias da cidade quando encontrou uma galinha perdida, prestes a ser atropelada. Até porque galinhas são muito lerdas na hora de fugir de carros. Tadinha, né?


Pois Cavin ajudou-a a atravessar a rua. Não sem antes interrogá-la a respeito. Quem perderia esta oportunidade? “Não tenho certeza do por que a galinha atravessou a rua”, disse o policial a uma TV local. “Ainda estamos investigando. Tentei perguntar à galinha, mas ela não conseguiu se comunicar comigo.”


O caso ficou conhecido porque a polícia de Yakima postou o caso com fotos em seu perfil oficial do Twitter, olha só:




Tradução: “Algumas noites você prende bandidos e algumas noites você tem uma disputa de encarada com uma galinha; nunca se sabe o que um turno pode trazer! Obrigado, sargento Cavin, por ajudar esta galinha a atravessar a rua em segurança.”



Mulher usa balde d’água para enfrentar assaltante armado (VÍDEO)

Primeiro, veremos este caso sob o ponto de vista da mulher, a proprietária de uma padaria em Assis Chateaubriand, cidade no Oeste do Paraná, que estava prestes a ser assaltada. Vanilza Tech estava lavando o chão de seu estabelecimento com a ajuda de uma funcionária no fim da tarde do último dia 24 de fevereiro quando um assaltante armado com uma pistola resolve agir.


Ele entra apontando a arma e rende as duas. Ou pelo menos pensa que fez isso. Vanilza estava enchendo um balde na pia e olhou para o homem sobre o ombro. O que ela tinha nas mãos? Um balde cheio d’água. Era sua arma. Não teve tempo de pensar duas vezes. Se pensasse, soltaria o balde e pronto, seria assaltada. Deixando bem claro, seria a coisa certa a se fazer. Sob pena de morrer à toa.


Mas, não. Ela usou o balde com água como arma, e encharcou o assaltante.


Sob o ponto de vista do assaltante… Bem, deve ser sempre um momento tenso quando alguém pega uma arma para assaltar. A pessoa espera que alguém possa desarmá-la, que alguém tenha uma arma para revidar… Nunca esperaria que alguém pudesse encharcá-lo com um balde d’água. Foi exatamente o que aconteceu.


Repetindo… Não é a coisa certa a se fazer. Mas é surreal vê-lo surpreendido com a atitude, saindo correndo daquela situação constrangedora, coberto de água.


Abaixo, o vídeo com a cena bizarra, publicado pelo G1:




Ração de Doria foi inspirada na cúpula do PSDB: processada e vencida

A ração que o prefeito João Doria vai distribuir aos pobres em São Paulo guarda muitas semelhanças com o seu partido. Pra começar, é sem gosto. E ninguém engole.


A proposta da prefeitura de distribuir uma ração granulada para a população carente virou piada nas redes sociais e provoca polêmica. As empresas utilizariam produtos prestes a ser vencidos. A prefeitura argumenta que o programa iria ajudar no combate à fome.


Um analista disse que a única coisa que vence no PSDB é a ração dos pobres.



MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores