arrow_back

Resultado da busca por: "pmdb"

Diabo elogia Congresso por cortes na saúde e educação e doa royalties do rock para fundo eleitoral

DIVINA TRAGÉDIA – “A gente tem que saber reconhecer o profissionalismo nessa nossa área. A minha função aqui é fomentar esse tipo de comportamento que o político brasileiro desempenha tão bem”, afirmou o Diabo em cerimônia de entrega de um cheque simbólico ao Congresso brasileiro. A doação é do mesmo valor que o Belzebu recebeu em royalties referentes a músicas de rock, gênero que vem sendo administrado por ele há décadas.


“Quando soube que o pessoal quer tirar dinheiro da saúde e da educação pra colocar no fundo eleitoral tive certeza do que devia fazer. Estou hoje em Brasília pois aqui tenho muitos amigos e me sinto à vontade”, disse o Capiroto, que mantém uma casa no Setor de Mansões da capital federal. “A minha relação com o pessoal é antiga. A cúpula do PMDB mesmo apadrinha coletivamente meu filho Damien.”


Questionado sobre a origem de sua fortuna, que em muito ultrapassa o valor doado, o Anjo Mau afirmou: “Eu sou um cara de negócios, eu faço dinheiro. Compro, revendo, compro, revendo, compro alma, revendo alma, sempre fui assim, gosto muito de comprar alma de seguradora. Na minha época, lá atrás, comprava uma alminha, depois revendia, tenho uma segurança”.


O post Diabo elogia Congresso por cortes na saúde e educação e doa royalties do rock para fundo eleitoral apareceu primeiro em revista piauí.

play_circle_filled play

Marcelo Adnet imita Doria, França, Witzel, Paes, Zema, Anastasia, Eduardo Leite e Sartori

O humorista Marcelo Adnet volta-se, novamente, para os estados e imita os governadores na disputa do segundo turno em Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul: João Doria (PSDB), Marcio França (PSB), Wilson Witzel (PSC), Eduardo Paes (DEM), Romeu Zema (Novo), Antonio Anastasia (PSDB), Eduardo Leite (PSDB) e José Ivo Sartori (PMDB).

Já viu todas as outas imitações? Confira na playlist: https://bit.ly/2NeESGY

ASSINE O GLOBO: http://assineoglobo.globo.com/
INSCREVA-SE NO CANAL: http://bit.ly/2BQvqB4

O SITE: https://www.oglobo.globo.com
O FACEBOOK: https://www.facebook.com/jornaloglobo
O TWITTER: https://twitter.com/jornaloglobo
AS NEWSLETTERS: https://oglobo.globo.com/newsletter/cardapio/

Cachorro de Marcela se jogou no lago por ter que conviver com Temer

A primeira-dama Marcela Temer entrou de roupa e tudo há duas semanas em uma lagoa no Palácio da Alvorada, para resgatar seu cachorro Picolly.


Segundo veterinários do Planalto, o cachorro teria se jogado no lago pois estava deprimido por ter que conviver com o presidente Michel Temer.


“Não é fácil para ele viver na mesma casa que Temer. Conviver com ele não é difícil só para seres humanos, mas para todos os seres vivos”, disse um veterinário que preferiu não se identificar.


Segundo informações dos corredores do Palácio do Planalto, Temer deixou a verba da ração nas mãos do PMDB e exige que o cachorro trabalhe como cão de guarda até os 14 anos.



Adicionar alguém em grupo de WhatsApp, sem a permissão da pessoa, pode virar crime


Frases que causam calafrios:


“Vamos fazer um encontro dos formandos de 2005. Alguém cria um grupo de whatsapp?”
“Vamos fazer um grupo de família! Alguém coloca a Tia Cotinha”
“Vamos fazer um grupo de zapzap aqui do trabalho”


Bom, você certamente já ouviu algo do tipo e já foi incluído em algum grupo de whatsapp sem a sua permissão. Aí como fica chato sair de lá, você acaba ficando, e ficando e ficando… e se estressando. Pois bem, nosso eterno defensor, o ESTADO, também quer te proteger desse mal.


O Projeto de Lei 347/2016 quer proibir que alguém seja incluído em grupos de whatsapp, telegram e outras redes sociais sem consentimento prévio. O projeto é da senadora  Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM), que propôs uma emenda no Marco Civil da internet:


Altera a Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014 (Marco Civil da Internet), para dispor sobre a necessidade de prévio consentimento do usuário nos processos de cadastramento e envio de convites para participação em redes e mídias sociais, bem como em seus respectivos grupos, páginas, comunidades e similares.


O PSL já foi aprovado na primeira semana de trabalhos do legislativo deste ano. O senador Romero Jucá (PMDB-RR) também contribuiu para a emenda, dizendo que se uma pessoa for incluída em um grupo sem sua permissão, é o aplicativo quem terá que arcar com os danos morais.





O post Adicionar alguém em grupo de WhatsApp, sem a permissão da pessoa, pode virar crime apareceu primeiro em Não Salvo.

Vereadores de Balneário Camboriú aprovam multa de até R$ 2,6 mil para pedintes nos semáforos

Uma sessão extraordinária da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, Santa Catarina, proibiu pedintes, vendedores e artistas de rua nos sinais de trânsito, também conhecidos no Brasil como faróis, semáforos e sinaleiras.


Mas, você pode se perguntar… Como coibir um pedinte? A Câmara teve a “genial” ideia de aplicar multa entre R$ 500 e R$ 2,6 mil. A proposta é do vereador Marcos Kurtz, do PMDB. Falta a assinatura do prefeito Fabrício Oliveira, do PSB.


A justificativa do vereador é que pedintes, vendedores e artistas representam “perigo ou obstáculo para o trânsito”. Porque o trânsito é mais importante do que as pessoas hoje em dia, né? Assim como o país tem medo do “mercado”, que ninguém sabe quem é, mas aparece todos os dias nas notícias.


O diretor de fiscalização Laurindo Ramos afirma, segundo o site NSC Total, que o comércio já é proibido nos semáforos. A panfletagem dos políticos? Pode ser aprovada, mediante pedido à prefeitura. Mas proibir pedintes? E cobrar multas deles? Ele mesmo disse ao site que a aplicação da medida é “inviável”.


Sugestão do leitor Felipe Ramos



MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores