arrow_back

Resultado da busca por: "o que ele"

play_circle_filled play

DISTRAÍDO, EU? #SHORTS | PARAFERNALHA

Pra quem ainda não conhece bem o nosso querido Jorge Hissa, tá aqui uma amostra do que ele é e pode fazer no nosso dia a dia. Quem aí também é completamente Jorge Hissa das ideias? Escreve aí nos comentários. Forte abraço!

INSCREVA-SE: http://tinyurl.com/c6fm4ok

Facebook: http://www.facebook.com/parafernalha
Twitter: http://www.twitter.com/parafernalha
Instagram: https://www.instagram.com/parafernalhareal

O moleque transcendeu


Eta Lucas você passou para o próximo nível da vida humana.

Imagina a raiva que a menina passou depois de ouvi o audio que ele mandou.

Se você não é rico no mercado financeiro, seja como a rêmora

A rêmora é um peixe que vive da relação de comensalismo com outros animais, mas especialmente com um que a maioria dos animais gostam de ficar longe, o tubarão.


Talvez você não conheça esse animal fascinante, mas a rêmora possui ventosas que colam nos tubarões, podendo se alimentar do que sobra da boca deles e viajam longas distâncias sem fazer esforço algum, afinal, o tubarão à leva para onde for.


rêmora


No mercado financeiro não deve ser diferente, é importante fazer o feijão com arroz e consumir exatamente o que os tubarões consomem, pelo menos se você for um holder.


A ideia da rêmora não é lá muito interessante para quem é swing ou day trader, uma vez que tubarões podem usar de ações ruins para valorizá-las e sair quando estiverem em alta e isso é péssimo para os seus negócios. Mas se você comprar ações de qualidade na hora certa, assim como tubarões fazem, você poderá ganhar, proporcionalmente, exatamente o que eles ganham, algo melhor do que a rêmora ganha, que são sobras.


Assim como você já deve saber, a Bolsa é cíclica e, volta e meia, dá oportunidades interessantes de entrada, ficando mais barata de comprar do que em outros momentos.


Podemos dizer que este é o momento em que a rêmora cola no tubarão, ou seja, a hora de você ir às compras, pegando ativos mais baratos do que eles valem.


Enquanto sua ação matura, você se farta dos dividendos, juros sobre capital próprio e bonificações que uma ação produz ao longo do tempo, além da valorização dela, o que podemos dizer que é como o banquete dos tubarões onde você, como rêmora, se aproveita.


Como aqui nós gostamos de ficar com a ação “para sempre” e procuramos escolher apenas empresas boas, a ideia é que procuremos tubarões que usam várias delas para viver, aproveitando-nos disso junto.


O post Se você não é rico no mercado financeiro, seja como a rêmora apareceu primeiro em O Macho Alpha.

MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores