arrow_back

Resultado da busca por: "menos assim"

O tipo de emprego que ninguém quer ter

Blog Humor da Terra - Blog de humor, site de humor, memes, zoeira, tirinhas, vídeos engraçados, curiosidades


emprego que ninguém querNicolas Cage rindo muito


Já pensou o que é trabalhar medindo o tamanho da jeba de um tubarão? E o pior, vê que o megalojebado tem um pingulim de 6 metros? AHEUHAUEHAUEHUAE Cara, seis metros de jeba. Segundo as informações acima, isso equivale a 1/3 do tamanho do animal. Caraca, não tenho maturidade pra esse informação, sinto muito AHUEHUAHEUAHUE.


Já pensou essa realidade numa conversa entre amigos bêbados? Então, seria mais ou menos assim: “E aê, blz? Sabia que 1/3 de mim é pura jeba?” AHUEHAUEHAUHEUAHEUAHEUAHE. Ou seja, não iria ter conversa nenhuma. Gostaria, mas não tenho maturidade HAUEHUAHEUAHEUAHE. Isso porque eu nem citei os malucos nos comentários discutindo sobre a idade da Terra UAHEUHAUEHAUHE. Enfim, sem noção demais HAUHEUAHEUAH


O post O tipo de emprego que ninguém quer ter apareceu primeiro em Blog Humor da Terra.

Em vez de US$ 20 bilhões, Biden oferece R$ 7,5 milhões a Bolsonaro: “Mais chance de aceitar”

CAIXA ELETRÔNICO DA ONU – Reviravolta nos caminhos da macropolítica internacional. Depois de anunciar que pretendia doar 20 bilhões de dólares para o governo brasileiro investir na Amazônia, o candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou uma nova estratégia para fazer o dinheiro chegar ao governo Bolsonaro.



“Em vez de 20 bilhões de dólares, a nova ideia é doar 7,5 milhões de reais, que eu já entendi ser um valor apreciado pela família Bolsonaro”, explicou Biden. “Pelo menos assim a doação tem alguma chance de ser aceita.” Caso o plano venha a ser bem sucedido, Biden pretende fazer outras 48 doações do mesmo valor, de forma a sobrecarregar o governo com burocracias fiduciárias. “Dessa forma, algumas dessas doações podem acabar sendo usadas em prol da Amazônia por algum descuido contábil”, explicou.


Depois de recusar a primeira oferta e afirmar que a soberania do Brasil não estava à venda, Jair Bolsonaro recuou e já enviou o representante diplomático-financeiro Fabrício Queiroz aos EUA. “No tocante a isso daí não se trata de soberania. Nós estamos negociando a venda de um panetone da loja do Flávio para o partido democrata americano e o Queiroz foi negociar, tá ok?


O post Em vez de US$ 20 bilhões, Biden oferece R$ 7,5 milhões a Bolsonaro: “Mais chance de aceitar” apareceu primeiro em revista piauí.

Como foi feito o primeiro retrato submarino da história


 


Outras fotos submarinas já haviam sido feitas quando em 1899 o mergulhador, biólogo e fotógrafo francês Louis Marie Auguste Boutan decidiu fazer o primeiro retrato debaixo d’água. Embora algumas fontes digam que foi uma selfie, a verdade é que a pessoa retratada é um amigo de Louis, o oceanógrafo romeno Emil Racovitza.


Não se sabe precisamente a profundidade em que o retrato foi feito (algumas fontes dizem que foi a 50 metros!), mas pode-se afirmar com alguma certeza que ele foi feito em Banyuls-sur-Mer , no sul da França.


A câmera utilizada foi inventada pelo próprio Boutan em 1893 e devido à tecnologia da época e à escuridão dentro do mar, requeria 30 minutos para que uma foto fosse feita. Se você entende o mínimo de fotografia vai saber que qualquer movimento presente na foto (peixes, algas se movimentando pela maré) saíam borradas.


 


A fim de fazer o retrato, Boutan inventou um FLASH subaquático, que envolvia um domo de vidro cheio de ar enriquecido de oxigênio e uma lamparina de álcool. Pressionando uma bomba de borracha (igual às que você vê médicos usando em aparelhos de aferir pressão), o fotógrafo ejetava pó de magnésio na lamparina, causando uma mini explosão, o flash. Assim, a exposição de 30 minutos foi reduzida para apenas alguns segundos.


 


O APARATO ficou mais ou menos assim:



diagram








Se você entende inglês, tem um vídeo do Aquário de Barcelona falando mais sobre o assunto e reproduzindo o experimento dele


 



 


 


 


PS: À guisa de curiosidade, essa foi a primeira foto submarina da história, tirada em 1856 por William Thompson e, como vocês podem ver, é uma merda.


 


Como foi feito o primeiro retrato submarino da história


 


Outras fotos submarinas já haviam sido feitas quando em 1899 o mergulhador, biólogo e fotógrafo francês Louis Marie Auguste Boutan decidiu fazer o primeiro retrato debaixo d’água. Embora algumas fontes digam que foi uma selfie, a verdade é que a pessoa retratada é um amigo de Louis, o oceanógrafo romeno Emil Racovitza.



Não se sabe precisamente a profundidade em que o retrato foi feito (algumas fontes dizem que foi a 50 metros!), mas pode-se afirmar com alguma certeza que ele foi feito em Banyuls-sur-Mer , no sul da França.


A câmera utilizada foi inventada pelo próprio Boutan em 1893 e devido à tecnologia da época e à escuridão dentro do mar, requeria 30 minutos para que uma foto fosse feita. Se você entende o mínimo de fotografia vai saber que qualquer movimento presente na foto (peixes, algas se movimentando pela maré) saíam borradas.


 


A fim de fazer o retrato, Boutan inventou um FLASH subaquático, que envolvia um domo de vidro cheio de ar enriquecido de oxigênio e uma lamparina de álcool. Pressionando uma bomba de borracha (igual às que você vê médicos usando em aparelhos de aferir pressão), o fotógrafo ejetava pó de magnésio na lamparina, causando uma mini explosão, o flash. Assim, a exposição de 30 minutos foi reduzida para apenas alguns segundos.


 


O APARATO ficou mais ou menos assim:



diagram








Se você entende inglês, tem um vídeo do Aquário de Barcelona falando mais sobre o assunto e reproduzindo o experimento dele


 



 


 


 


PS: À guisa de curiosidade, essa foi a primeira foto submarina da história, tirada em 1856 por William Thompson e, como vocês podem ver, é uma merda.


 


MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores