arrow_back

Resultado da busca por: "foi o do"

play_circle_filled play

Doutor Pimpolho - Parabéns Virtual

Em tempos de quarentena, muitos eventos passaram a ser virtuais, inclusive festas de aniversário. Mas quem não curtiu muito essa história foi o Doutor Pimpolho.

Confira o Doutor Pimpolho se adaptando ao "Novo Normal"

Siga o Chuchu no Instagram: www.instagram.com/chuchubelezaoficial
Curta o nosso Facebook do Chuchu: www.facebook.com/chuchubeleza

Siga o Dr.Pimpolho no Instagram: www.instagram.com/odrpimpolho
Curta Dr. Pimpolho no Facebook: www.facebook.com/odrpimpolho
Siga Dr. Pimpolho no Twitter: @drpimpolho

E agora tem Dr.Pimpolho também em Podcast: https://open.spotify.com/show/5piJ8yzVUCC5WK3R2F9dtV

Funk de OTAKU pode ser um mundo sem volta pra comunidade Naruto!


Eu nem vou falar muito

Só vou deixar a produção (muito bem feita por sinal) pra vcs ai!






Minha parte favorita ainda foi o do soca soca soca….

siuafhuiahuifuahifhuia


CORREEEEEEEEEEE QUE OS OTAKU TÃO REBOLANDO!!!!!!!!!


O post Funk de OTAKU pode ser um mundo sem volta pra comunidade Naruto! apareceu primeiro em Não Salvo.

Conheça o mais célebre brasileiro ganhador da Loteria

Todo domingo a zebra do Fantástico anunciava o resultado do fim de semana.


Criada em 27 de maio de 1969, a Loteria Esportiva, virou febre nos anos 70, graças à esperança dos brasileiros de se tornarem milionários da noite pro dia. A chance de fazer os 13 pontos lotou as lotéricas e revelou muitos sortudos. O mais célebre deles é o boiadeiro Miron Vieira de Souza, morador da pequena Ivolândia, no interior de Goiás. No concurso 254, em setembro de 1975, ele faturou sozinho 22 milhões de cruzeiros (que equivaleriam, hoje, a cerca de R$ 46 milhões). Humilde, com poucos dentes na boca e praticamente analfabeto, o matuto é considerado até hoje o brasileiro mais sortudo de todos os tempos, pois ele não entendia absolutamente nada de futebol.


O futebol na década de 70 era muito diferente de hoje e a loteria esportiva era a MEGA SENA da época, o prêmio 254 foi um passeio no Quênia, no meio da savana africana: cheio de de zebras. Para início de conversa, o Corinthians empatou com o Rio Negro de Manaus e o Palmeiras empatou com o Nacional, também da capital do Amazonas; um time que na época tinha cinco índios botocudos no elenco. O resultado mais inusitado, porém, e que praticamente deu a Miron o prêmio sozinho, foi o do jogo entre o Vasco, campeão brasileiro do ano anterior, e o América de Natal, em São Januário. O América venceu por 1 a 0. O juiz do jogo foi nada mais nada menos que o narrador esportivo Silvio Luiz.


Olha o homem aí do lado direito da foto.


Quando foi entrevistado, já na condição de milionário, sobre o fato de ter sido o único brasileiro a cravar a vitória do América de Natal sobre o Vasco da Gama, a resposta de Miron foi magnífica:


– Ué? Achei que era o América do Rio.


Acontece que o América do Rio enfrentou naquele fim de semana o Fluminense [2 x 0 para o tricolor] e o jogo também fez parte da loteria. A explicação de Miron, com ares de filósofo dos gramados, foi mais incrível ainda:


– Eu bem achei esquisito o América jogar duas vezes. Por isso é que botei o time ganhando uma e perdendo outra.



Miron saiu em tudo quanto era jornal e revista da época, investiu em casas, carros e terras. Também comprou uma dentadura. Até hoje, sua família vive dos rendimentos do prêmio.


Ao pesquisar mais sobre a história de Miron, acabei descobrindo que no dia 22/2/2010, um único apostador, do interior de Goiás, acertou a quina, fazendo a aposta mínima e ganhando a bagatela de R$ 860.626,00.


Miron ganhou na loteria duas vezes! Será que ele acertaria o resultado da mega sena de hoje?






Conheça o mais célebre brasileiro ganhador da Loteria

Todo domingo a zebra do Fantástico anunciava o resultado do fim de semana.


Criada em 27 de maio de 1969, a Loteria Esportiva, virou febre nos anos 70, graças à esperança dos brasileiros de se tornarem milionários da noite pro dia. A chance de fazer os 13 pontos lotou as lotéricas e revelou muitos sortudos. O mais célebre deles é o boiadeiro Miron Vieira de Souza, morador da pequena Ivolândia, no interior de Goiás. No concurso 254, em setembro de 1975, ele faturou sozinho 22 milhões de cruzeiros (que equivaleriam, hoje, a cerca de R$ 46 milhões). Humilde, com poucos dentes na boca e praticamente analfabeto, o matuto é considerado até hoje o brasileiro mais sortudo de todos os tempos, pois ele não entendia absolutamente nada de futebol.


O futebol na década de 70 era muito diferente de hoje e a loteria esportiva era a MEGA SENA da época, o prêmio 254 foi um passeio no Quênia, no meio da savana africana: cheio de de zebras. Para início de conversa, o Corinthians empatou com o Rio Negro de Manaus e o Palmeiras empatou com o Nacional, também da capital do Amazonas; um time que na época tinha cinco índios botocudos no elenco. O resultado mais inusitado, porém, e que praticamente deu a Miron o prêmio sozinho, foi o do jogo entre o Vasco, campeão brasileiro do ano anterior, e o América de Natal, em São Januário. O América venceu por 1 a 0. O juiz do jogo foi nada mais nada menos que o narrador esportivo Silvio Luiz.


Olha o homem aí do lado direito da foto.


Quando foi entrevistado, já na condição de milionário, sobre o fato de ter sido o único brasileiro a cravar a vitória do América de Natal sobre o Vasco da Gama, a resposta de Miron foi magnífica:


– Ué? Achei que era o América do Rio.


Acontece que o América do Rio enfrentou naquele fim de semana o Fluminense [2 x 0 para o tricolor] e o jogo também fez parte da loteria. A explicação de Miron, com ares de filósofo dos gramados, foi mais incrível ainda:


– Eu bem achei esquisito o América jogar duas vezes. Por isso é que botei o time ganhando uma e perdendo outra.



Miron saiu em tudo quanto era jornal e revista da época, investiu em casas, carros e terras. Também comprou uma dentadura. Até hoje, sua família vive dos rendimentos do prêmio.


Ao pesquisar mais sobre a história de Miron, acabei descobrindo que no dia 22/2/2010, um único apostador, do interior de Goiás, acertou a quina, fazendo a aposta mínima e ganhando a bagatela de R$ 860.626,00.


Miron ganhou na loteria duas vezes! Será que ele acertaria o resultado da mega sena de hoje?




MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores