arrow_back

Resultado da busca por: "está sendo feito"

Keylogger

tirinha
Inclua essa tirinha em seu site
COLE ESSE CÓDIGO EM SEU SITE x



Transcrição ↓

real historia;

string sender = "Murilo Feranti";


Programador: Cara, você continua acessando essas coisas aqui do trabalho?

Alonso: Que é que tem?

Programador: Você não leu o e-mail do chefe onde ele disse que instalaram keylogger em todas as máquinas pra acompanhar o que está sendo feito?

Alonso: Ah, eu vi... Mas ainda bem que eu sempre uso a aba anônima!

Programador: PLOFT!

--

Camiseta: Quem é maluco de analisar o que o Alonso digita?



O artigo "Keylogger" foi originalmente publicado no site Vida de Programador, de Andre Noel.

8 cidades futuristas que estão sendo construídas e provam que o futuro é agora

Desde criança, nós vemos filmes e programas de TV que prometem um futuro de tecnologias impressionantes, carros voadores, energia sustentável e recursos que parecem ainda não estar presentes em nossas vidas. Com o avanço da tecnologia, já é possível que vários dispositivos úteis entrem na sua casa e na sua vida para mudar a sua rotina. Eles não são apenas objetos do futuro, mas também úteis e capazes de oferecer soluções inteligentes para problemas do dia-a-dia.  Pensando nesse futuro, várias cidades tecnológicas já estão sendo desenvolvidas em várias partes do mundo, fazendo com que cidades inteiras sejam construídas com uma visão futurística.


Aqui estão algumas delas, que já estão sendo planejadas ou mesmo estão funcionando e recebendo moradores.


1 – Lusail City



Em 2010, o Qatar ganhou o direito de sediar a Copa do Mundo de 2022. Ao invés de utilizar as cidades já existentes como sede, o país decidiu investir $45 bilhões para a construção de uma nova cidade. A cidade deve ser capaz de abrigar 450 mil pessoas, um número de 200 mil a mais do que toda a população do país. Lusail City deve contar com um sistema de tecnologias integrado, transporte público eficiente e um sistema de resfriamento para aliviar o clima de deserto da região. Apesar disso, a construção da cidade passa por problemas de direitos trabalhistas e existe uma estimativa de que até 4 mil trabalhadores devem morrer no local, até a realização da Copa de 2022.


2 – Cidade Inteligente e Sustentável Fujisawa



Construída nas imediações de uma antiga fábrica, a Cidade Inteligente e Sustentável Fujisawa foi desenvolvida com conceitos de energia verde, senso de comunidade e tecnologias que parecem saídas diretamente das histórias dos Jetsons. A cidade foi construída pela Panasonic e inaugurada em 2014, depois de um investimento de $740 milhões. A expectativa é que ela fique completa até 2020, mas cerca de mil pessoas já vivem no local. Todas as casas da cidade são equipadas com painéis de energia solar e os moradores podem até mesmo vender energia sobressalente que não utilizam em suas próprias residências.


3 – Pena Station Next



Com a mesma proposta de Fujisawa, no Japão, a Pena Station Next foi construída próximo ao Aeroporto Internacional de Denver, nos Estados Unidos. Enquanto Fujisawa é apresentada como uma comunidade inteligente, Pena Station é um cidade laboratorial em que a Panasonic poderá testar futuras tecnologias que serão instaladas nos projetos de suas próprias cidades. As casas do local incluem telas de TV transparentes no lugar das janelas, geladeiras que mantém diferentes temperaturas do lado de dentro e câmeras para provocar acidentes inesperados. As primeiras 220 moradias da cidade devem estar disponíveis em meados de 2018.


4 – Gandhinagar



Diferente das cidades que já apresentamos anteriormente, que foram criadas com o propósito da tecnologia, Gandhinagar é uma cidade bem antiga na Índia. Apesar disso, foi escolhida como primeiro lugar da Índia a ser completamente planejado de forma inteligente e tecnológica, incluindo Wi-Fi disponível em toda a cidade, sistemas de vigilância e monitoramento em todos os lugares e um sistema de iluminação pública que conta com padrões de sensores de movimento capazes de economizar até 30% de energia.


5 – Cidade Econômica King Abdullah



A Arábia Saudita é uma região em que os milionários sabem aproveitar o dinheiro que conquistam a partir do petróleo. Parte desse investimento está sendo feito na Cidade Econômica King Abdullah, anunciada em 2005 e projetada com uma visão futurística em mente, mais especificamente um futuro em que o petróleo que mantém a economia da região não seja mais tão farto. Por isso, os planos para a cidade incluem carros elétricos disponíveis para a população e carros sem motoristas, solucionando o problema local que não permite que mulheres dirijam. Apesar dos grandes planos para a cidade, que deve custar cerca de $100 bilhões, ela deve ser completada somente em 2035, quando servirá como porto intermediário entre as duas mais importantes cidades da região atualmente: Mecca e Medina.


6 – Astana Expo City



Talvez você não conheça muito sobre o Cazaquistão, com exceção da versão do país apontada pelo personagem Borat. Porém, é lá que que está uma das cidades mais futuristas do mundo: Astana. Como a cidade será palco da 2017 World Expo, tem a missão de construir, literalmente, a cidade do futuro. Uma construção desenvolvida para ser semelhante a um globo de discoteca foi feita com tecnologias que evitam que o calor escape do prédio, equilibrando o aquecimento da região. A cidade inteira também está recebendo um sistema integrado que vai permitir o armazenamento de energia abaixo do solo. Além disso, 100% da água da chuva será capturada e reutilizada para sustentar a cidade.


7 – Naya Raipur



Assim como Gandhinagar, Naya Raipur é outra cidade indiana que tem sendo desenvolvida na região. Por conta dos problemas de saneamento básico comuns no país, os desenvolvendores da cidade criaram um sistema que pretende transformar Naya Raipur na primeira cidade com zero esgoto. A cidade também pretende ser a primeira integrada com um sistema central capaz de coletar informações inteligentes em diversas áreas e oferecer as melhores soluções para todo tipo de problema local


8 – Konza Techno City



Konza Techno City já recebeu o apelido de Vale do Silício da Savana, graças a seu audacioso objetivo de se tornar a cidade mais inovadora de todo o continente africano. Anunciada em 2013, a cidade do Quênia deve custar cerca de $14,5 bilhões. A construção irá acontecer em quatro fases é deve utilizar a conexão com a internet para interligar todos os serviços do local. Como parte da construção, cabos de fibra óptica já foram instalados em praticamente toda a região.

Facebook alerta usuários que não é obrigatório postar que hoje é sexta só porque amanhã é feriado

O Facebook emitiu um comunicado nesta tarde alertando seus usuários que, por incrível que pareça, não é obrigatório chamar a véspera de feriado de sexta-feira. O alto índice de postagens “irônicas” e “engraçadas” na rede hoje, se dá pelo feriado nacional de amanhã, 14 de abril, Sexta-feira da Paixão.


SEXTOU


Dados disponibilizados pela própria rede social mostram que milhares brasileiros postaram em seus perfis que hoje é sexta porque acharam que era obrigatório. Os demais usuários simplesmente não possuem bom senso, mas poderão baixá-lo na própria rede social, clicando em configurações > segurança > desativar conta.


“Chegou ao nosso conhecimento que brasileiros e brasileiras estão postando e compartilhando uma ‘piada’ com a intenção de atribuir à véspera de feriado o título de sexta-feira. Nossa equipe vem por meio deste comunicado alertar que a reprodução dessa piada, além de chata, não é necessária. Um acordo com o governo Temer está sendo feito para que as pessoas que fizerem ou reproduzirem a piada sejam obrigadas a trabalhar no feriado e seus dados já foram coletados. Com amor, Mark” diz a publicação.



Não há provas, mas há convicção de que Lula roubou a atenção no Lollapalooza

Com um público de aproximadamente 100 mil pessoas, o festival Lollapalooza aconteceu em São Paulo no último fim de semana. O evento hipster, cheio de roupas esquisitas e muitas bandas que ninguém nunca ouviu falar, acabou virando manchete em diversos sites após um suposto ato a favor do ex-presidente Lula, durante a apresentação da banda Cage The Elephant.


Durante o show da banda, o vocalista Matt Shultz subiu na estrutura do palco enquanto a guitarra tirava a melodia “olê, olê, olê, olá…”. De acordo com pessoas presentes e alguns vídeos postados na internet, um alto e sonoro “Lula, Lula” foi ouvido em sequência. O assunto foi inevitável nas redes sociais e blogs sobre política e, embora não haja provas, há convicção de que Lula roubou. A atenção.


Veja o vídeo: 


De acordo com a Polícia Federal, a teoria mais provável é de que o público gritou “Lolla, Lolla”, já que esse é o nome do evento. Um powerpoint com informações e muita convicção está sendo feito no momento para explicar o ocorrido.



MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores