arrow_back

Resultado da busca por: "espalhar"

Ataques de Ransomware

Ataques de Ransomware - Vida de Suporte



Transcrição:


Chefe [falando para o Suporte]: É fundamental termos uma equipe de TI preparada para a ameaça dos ataques de ransomware.

Chefe: Mas há um profissional que é mais essencial que os outros nessa onda de sequestro de dados.

Suporte: Um especialista em cibersegurança para nos prevenir de ataques?

Chefe: UM estagiário para colocarmos a culpa.





O Ransomware e Sua Contínua Reinvenção


Uma ameaça que passa por mutações para infectar de forma mais eficaz e provocar danos mais graves – eu poderia muito bem estar falando da Covid, mas o perigo ao qual me refiro aqui nesse texto é o ransomware.


Os ataques de ransomware mudaram. São hoje mais agressivos, complexos e lucrativos para os criminosos, em comparação com o início das ondas de sequestros de dados que se espalharam pelo mundo.


O Ransomware e Sua Contínua Reinvenção, esse é o tema do webinar gratuito preparado pela ESET que convocou dois de seus experts no assunto que vão falar sobre alternativas para garantir ainda mais proteção para para os dados da sua empresa e de seus clientes.


Webinar Eset Ransomware e Sua Contínua Reinvenção


Dia 29 de Junho às 15h00, Carlos Marino, especialista em suporte técnico, e Daniel Barbosa, pesquisador em cibersegurança, irão apresentar novas possibilidades que vão além dos métodos tradicionais de segurança.


Além de ganhar valioso conhecimento, quem participar do webinar ainda vai concorrer a uma Echo Dot (4ª Geração) Alexa! Massa, né?


(Atenção! O método tradicional de colocar a culpa no estagiário não será abordado no evento).


É dia 29/06, é de 15h00 e é de graça! INSCREVA-SE!






Post publieditorial.





Ataques de Ransomware é um post do blog Vida de Suporte.


Após tirar Nego Di da casa, internet pede permanência de Daniel Silveira na xepa

CONFESSIONÁRIO – Depois de quebrar placa em homenagem a Marielle Franco, defender miliciano, espalhar fake news, se negar a usar máscara contra a Covid-19 e ameaçar de morte ministros do STF, o brother mais repulsivo de toda a história do Big Brother Brasília foi finalmente colocado na xepa. Com a prisão determinada ontem pelo ministro Alexandre de Moraes, o deputado federal Daniel Silveira aguarda agora que o anjo Arthur Lira o livre do paredão, o que pode desagradar a torcida no Twitter que torce pela sua eliminação.



“No tocante a isso daí, isso daí que fizeram com o Daniel Silveira é um absurdo, tá ok?”, reclamou o brother Jair Bolsonaro, que nunca foi mandado para a xepa, mesmo tendo dito 871.630 atrocidades desde que virou líder da casa. “Por isso que tem que armar a população. Um povo armado jamais será eliminado.”


O filho Zero Dois do presidente, Karluxo ConKKK, também foi às redes sociais para expressar sua indignação. Ele apresentou o poema a ser lido em caso de eliminação do brother Silveira: “Aprisionado? Aprisio-NADA! Quem é o que sempre foi e jamais vai ser nunca irá participar de conluios com Filhuk Calças Emo Encravadas, Arcrebianus, Proxotas e demais que querem ver o Brasil longe daquilo que nunca pode nem quis ser!”






O post Após tirar Nego Di da casa, internet pede permanência de Daniel Silveira na xepa apareceu primeiro em revista piauí.

play_circle_filled play

CANCELADA! As fake news de Jéssica se espalharam e o comercial pode ir pelo ralo | Vai Que Cola

Justo quando tudo parecia estar se acertando, as fake news de Jéssica começaram a fazer efeito e a marca está sendo CANCELADA nas redes sociais!

? NÃO ESQUECE DE SE INSCREVER: http://www.youtube.com/channel/UC11JFCoslUUMTuAsUPH8RdQ?sub_confirmation=1

???? Curtiu o vídeo? Deixa seu like e comenta o que mais gostou, bb

???? Playlists Mais Assistidas ????

? Lady Night: https://www.youtube.com/watch?v=6bhJfFyAEf8&list=PLtPIvo5qXzHHh6IjtgademJBpjHjD_CDY

?Vai que Cola: https://www.youtube.com/watch?v=jL-VylCsbns&list=PLtPIvo5qXzHF_iXu_4ITVUP8Xwn5GuIMs

?Tô de Graça: https://www.youtube.com/watch?v=0EkYGRXPoXI&list=PLtPIvo5qXzHGGDBO1xmSypQ72dwdmfeCP

?Difícil de Focar: https://www.youtube.com/playlist?list=PLtPIvo5qXzHEHC_ZlhyFTN5qKHu2c7sfh

______________________________________

No canal Humor Multishow você encontra o melhor do humor e conteúdos exclusivos para o YouTube. Confira vídeos do Vai que Cola, Lady Night, Tô de Graça e MUUUITOS outros conteúdos originais. ????

______________________________________

???? ASSISTA TAMBÉM ????

Música Multishow: http://www.youtube.com/channel/UCIzAIM-zatIDHErC0Z23hbQ?sub_confirmation=1
Modo Viagem: http://www.youtube.com/channel/UCpn9C0_lKY5mgePUBmAIz2Q?sub_confirmation=1
Canal OFF: http://www.youtube.com/channel/UCUMoOlRGgqiE2XowONJttog?sub_confirmation=1

#VaiQueCola #Multishow #Humor
play_circle_filled play

KIT MÉIER? Terezinha é acusada de usar MAMADEIRA DE CACHAÇA! ????| Vai Que Cola | 18/12/2020 | EP30

TO CHOCADO! Espalharam a fake news no zap que a Terezinha ia oferecer MAMADEIRA DE CACHAÇA e um KIT MÉIER pra quem votasse nela nas eleições do prédio! ????

? NÃO ESQUECE DE SE INSCREVER: http://www.youtube.com/channel/UC11JFCoslUUMTuAsUPH8RdQ?sub_confirmation=1

???? Curtiu o vídeo? Deixa seu like e comenta o que mais gostou, bb

???? Playlists Mais Assistidas ????

? Lady Night: https://www.youtube.com/watch?v=6bhJfFyAEf8&list=PLtPIvo5qXzHHh6IjtgademJBpjHjD_CDY

?Vai que Cola: https://www.youtube.com/watch?v=jL-VylCsbns&list=PLtPIvo5qXzHF_iXu_4ITVUP8Xwn5GuIMs

?Tô de Graça: https://www.youtube.com/watch?v=0EkYGRXPoXI&list=PLtPIvo5qXzHGGDBO1xmSypQ72dwdmfeCP

?Difícil de Focar: https://www.youtube.com/playlist?list=PLtPIvo5qXzHEHC_ZlhyFTN5qKHu2c7sfh

______________________________________

No canal Humor Multishow você encontra o melhor do humor e conteúdos exclusivos para o YouTube. Confira vídeos do Vai que Cola, Lady Night, Tô de Graça e MUUUITOS outros conteúdos originais. ????

______________________________________

???? ASSISTA TAMBÉM ????

Música Multishow: http://www.youtube.com/channel/UCIzAIM-zatIDHErC0Z23hbQ?sub_confirmation=1
Modo Viagem: http://www.youtube.com/channel/UCpn9C0_lKY5mgePUBmAIz2Q?sub_confirmation=1
Canal OFF: http://www.youtube.com/channel/UCUMoOlRGgqiE2XowONJttog?sub_confirmation=1

#VaiQueCola #Multishow #NovaTemporada

Homem fica preso por quatro décadas até testemunha admitir que mentiu

Por conta de uma mentira, um homem ficou quase quarenta anos preso em Jackson, nos Estados Unidos.


homem fica preso


Walter Forbes era um estudante em tempo integral no Jackson Community College no ano de 1982. Ele sonhava em ter uma empresa de incorporação imobiliária depois de se formar.


Uma noite naquele ano, Forbes separou uma briga de bar. Ele não sabia que isso mudaria sua vida para sempre.


Um dos homens envolvido na briga procurou Forbes no dia seguinte e atirou nele, segundo documentos do tribunal.


O dano que o tiro causou ao corpo de Forbes pode ter levado alguns meses para cicatrizar, mas o que aconteceu a seguir o levou a passar quase quatro décadas na prisão, deixando feridas profundas ao longo da vida dele e na vida de sua família.


O homem que atirou em Forbes, Dennis Hall, morreu em seu apartamento na Maple Street em Jackson, em um incêndio que parecia ter sido causado de forma criminosa em 12 de julho de 1982.


Como Hall e Forbes tinham se envolvido em uma briga recentemente, a polícia considerou Forbes suspeito do incêndio criminoso. Ele foi preso em sua casa.


Forbes, 63, tornou-se um homem livre em 20 de novembro, mais de 37 anos após sua condenação, depois que a principal testemunha de acusação admitiu ter inventado sua história e surgiram evidências de que o incêndio pode ter sido parte de um esquema de fraude de seguros orquestrado pelo dono do prédio na rua Maple, levando a um novo julgamento, de acordo com documentos arquivados no Tribunal do Condado de Jackson.


“Parecia que todas as possibilidades que imaginei todos aqueles anos estavam se concretizando”, disse Forbes sobre quando a verdade estava vindo à tona. “Não achei que fosse demorar tanto, mas a paciência valeu a pena.”


A testemunha se apresenta


O depoimento de Kennebrew continha discrepâncias, levando um dos três homens a ter as acusações contra ele arquivadas depois que ele passou no teste do polígrafo e o outro a ser absolvido, isso de acordo com documentos do tribunal.


Forbes foi o único condenado, provavelmente por causa da tensão entre ele e a vítima, disse seu advogado.


Forbes e seu advogado disseram que o ônus da prova cabia a Forbes, que o júri o considerava culpado até que ele pudesse provar sua inocência no minuto em que o julgamento começou.



“O simples fato de ser preso e acusado sugere ao júri que algo aconteceu, embora eles devessem estar examinando as evidências e presumindo inocência”, disse o advogado da Forbes, Imran Syed, da Michigan Innocence Clinic, ao jornal Detroit Free Press. “Nenhum júri quer acreditar que um promotor passou pelo trabalho de levar alguém inocente a um julgamento.”


Kennebrew admitiu em 2017 que mentiu, ele afirmou que nunca viu Forbes no local do incêndio, de acordo com documentos judiciais.


Depois que um juiz concedeu uma audiência de prova em fevereiro de 2020, Kennebrew testemunhou “que ela havia falsamente implicado o Sr. Forbes porque tinha sido intimada a fazê-lo por dois homens locais que a conheciam da vizinhança e que ameaçaram prejudicá-la e também sua família se ela não depusesse contra o Sr. Forbes ”, de acordo com documentos do tribunal.


“Mesmo que tenha demorado uma eternidade, ainda sou grato por ela ter feito a coisa certa, dizendo finalmente a verdade”, disse Forbes.


Uma testemunha que mente sob juramento nos Estados Unidos pode ser acusada de perjúrio, no entanto, o prazo prescricional para o crime é geralmente de seis anos, disse o advogado Syed. “A acusação de perjúrio neste caso pode ser perigosa e contraproducente”, acrescentou.


“Queremos que as pessoas que mentiram se manifestem”, disse ele. “A comunidade como um todo será prejudicada se as mentiras permanecerem escondidas para sempre.”


Provocar incêndio para obter lucro com o seguro


Quanto ao esquema de incêndio criminoso por dinheiro de seguro, o proprietário do prédio da Maple Street, David Jones, foi condenado por um esquema de conspiração de incêndio criminoso separado no Condado de Livingston, em 1990.


Um homem morreu no incêndio no condado de Livingston também, dizem os documentos do tribunal, e as duas pessoas que admitiram ter conspirado com Jones para incendiar o prédio em 1990 disseram à polícia que sabiam do papel de Jones no incêndio de 1982 na Maple Street.


Jones recebeu mais de U$50.000 em dinheiro do seguro para o incêndio na Maple Street, muito acima do valor de mercado do edifício. Ele comprou a propriedade mais de oito anos antes do incêndio, mas só fez o seguro dois meses antes do incêndio, de acordo com documentos judiciais que citavam relatórios do investigador de incêndio sobre o caso.


Jones morreu alguns anos antes de a Michigan Innocence Clinic assumir o caso da Forbes, em 2010.


Ele não pode ser acusado postumamente.


“Não desprezo as pessoas que mentiram para me condenar”, disse Forbes. “O motivo é egoísta: eu não permitiria que eles me destruíssem.


Se eu não perdoasse, não seria prejudicial para eles, seria prejudicial a mim.”


Um novo começo


Forbes é um homem de poucas palavras. Ele leva seu tempo para processar perguntas dirigidas a ele e responde concisamente em sua voz baixa e suave.


Ele recuou quando questionado sobre sua fé no sistema de justiça americano.


“Chamar isso de sistema de justiça dá uma falsa impressão. Apenas usar o termo ‘justiça’ dá a sensação de que é um sistema justo ”, disse Forbes.


Os negros representam cerca de 13% da população dos EUA, mas respondem por cerca de metade de todas as exonerações e 54% das exonerações de homicídio desde 1989, de acordo com o Registro Nacional de Exonerações.



Forbes falou sobre sua perspectiva como um jovem negro na década de 1980, preso contra sua vontade por um sistema que tem “justiça” em seu nome por algo que ele não fez.


“Eu não conseguia acreditar que estava acontecendo. Uma das coisas em que eu tinha fé era que a verdade iria aparecer, que não havia como eles me condenarem por aquelas mentiras ”, disse Forbes. “Até eu ser condenado, eu achava que o sistema iria funcionar, que iria se corrigir sozinho. Em retrospecto, eu fui ingênuo. ”


Embora ciente do sistema que o oprimia, o comportamento de Forbes não é o de alguém que é rancoroso, mas de um homem que trabalhou para encontrar a paz interior.


Forbes falou sobre algumas coisas que o ajudaram a passar os mais de 13.000 dias e noites na prisão.


Ele acordava no meio da noite, às 2 ou 3 da manhã, e meditava.


“Eu sempre soube qual seria o resultado final, mas não tinha ideia do que tinha que passar ou quem poderia ajudar ao longo do caminho”, disse Forbes. “A coisa certa que eu sabia era que precisava seguir em frente.”


Só em novembro ele percebeu que estava realmente acontecendo – que ele seria um homem livre e que seu nome seria limpo.


Forbes falava com sua família frequentemente durante a vida na prisão: às vezes semanalmente, às vezes várias vezes ao dia. Ele sabia que teria suporte familiar e isso o confortou, disse.


“Ver minha família pela primeira vez foi um daqueles momentos em que tudo que você pode fazer é sorrir”, disse Forbes.


Forbes está atualmente hospedado com a família na região metropolitana de Detroit e planeja visitar sua mãe, 94, no Mississippi nas próximas semanas.


Ele tinha planejado ver sua mãe imediatamente, mas achou que seria melhor fazer o que ele havia feito nas últimas quatro décadas: esperar pacientemente, neste caso, por conta do COVID-19.


“Forbes é agora o patriarca de uma família que estava faltando um”, disseram seus parentes.


Sua sabedoria e visão são reverenciadas por eles.


“Ele já conseguiu reunir grande parte da nossa família – uma família que eu realmente não conhecia”, disse o sobrinho de Forbes, Imil Forbes, de 40 anos. “Agora estamos nos reunindo e criando um vínculo forte.


“Precisávamos dele aqui para que pudéssemos nos reunir assim.”.


O filho biológico de Forbes, Runako Forbes, 42, não conheceu seu pai até os 13 anos.


Runako foi adotado. Ele não compreendia totalmente onde Forbes estava e conheceu o próprio pai já adolescente.


Runako contou como conheceu seu pai: “Havia muitas pessoas na sala de visitas. Lembro-me de olhar por cima dos ombros, vê-lo e saber que ele era meu pai. Eu nunca tinha visto uma foto dele antes, mas no meu coração eu sabia que era ele. Ele finalmente veio até mim e me abraçou. Eu sabia que estava certo. ”.


Ele disse que amava seu pai antes de conhecê-lo e que, depois que entendeu a situação e soube que seu pai era inocente, ficou com raiva.


“Não posso fingir que não tinha muita amargura em relação ao mundo”, disse ele. “Ele é mais paciente do que eu. Ele nunca diria ‘não poderia’ ou ‘não posso’. ”.


Livre, mas dependente


O primeiro plano de Forbes como um homem livre é se tornar independente com a ajuda de sua família e se ajustar a um mundo muito diferente daquele que ele conhecia antes de ser preso.


Forbes ri enquanto fala de celulares:


“Posso passar meia hora descobrindo o que leva 20 segundos para outra pessoa”, disse ele. “Vou perder ligações porque o telefone está me afetando. Não sei como operá-lo ainda. ”


Mas ele refletiu sobre seu tempo na prisão, quando ouvia os problemas das pessoas no mundo exterior e desejava que seus problemas fossem tão triviais quanto o destas pessoas.


“Os desafios de se readaptar à vida fora da prisão eu vejo como parte do processo”, disse Forbes. “Reconheço o que posso controlar e o que não posso e, quando vejo desafios, não me estresso e tento encontrar uma solução para eles.”.


Forbes está mais focado nos luxos ausentes na prisão que agora ele pode acessar.


“Muitas coisas você só sente falta quando elas simplesmente desapareceram”, disse ele.


Forbes está inclinado a trabalhar na construção civil, afinal, seus amigos hoje trabalham com isso e ele vê nisso uma oportunidade de recomeçar.


Forbes diz que quer aliviar os sofrimentos do mundo e espalhar o bem por onde passar.


“Ainda estou tentando descobrir a maneira mais eficaz de ajudar os outros”, disse Forbes.


Forbes disse que, após sua libertação, seus pensamentos foram direcionados aos prisioneiros de Kinross Correctional Facility, a última das cerca de uma dúzia de instalações em que ele foi preso e onde, em 4 de dezembro, havia mais de 1.000 casos positivos de coronavírus ativos, de acordo com o Departamento de Michigan Dados.


“Michigan em 2016 aprovou uma lei que permite que pessoas condenadas injustamente recebam U$ 50.000 por cada ano em que foram presas. Tendo sido condenado por mais de 37 anos, Forbes tem direito a quase U$ 2 milhões em indenização do estado, mas o dinheiro levará meses para sair”, disse Syed, seu advogado.


Forbes disse que o condenado injustamente deve manter uma atitude positiva e permanecer motivado para descobrir a verdade.


“Trabalhe mais no seu caso do que qualquer outra pessoa”, disse ele. “Você tem que ser a força motriz por trás de sua própria libertação.”, completou.


O post Homem fica preso por quatro décadas até testemunha admitir que mentiu apareceu primeiro em O Macho Alpha.

MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores