arrow_back

Resultado da busca por: "de maomé"

Charges do jornal francês alvo de atentado terrorista – Charlie Hebdo

Em quase todos meios de comunicação que você acessar você sera informado a respeito do atentado terrorista ao famoso jornal francês Charlie Hebdo, qual ao longo de suas edições publicava charges, textos e imagens num tom humorístico e sarcástico, tratando vários assuntos, desde religião à politica.


Você já conhecia as publicações do jornal? se sim reveja aqui algumas das charges, se não conhecia fique por dentro do humor sarcástico que levou o jornal a sofrer o infeliz atentado terrorista:


Capas de um especial da Charlie Hebdo com a ‘biografia’ de Maomé. A primeira parte de ‘A vida de Maomé’ tem o nome de ‘o início de um profeta’ e a segunda, de ‘o profeta do Islã’


biografia


Edição de outubro tem charge com o título ‘se Maomé voltasse’. No desenho, o personagem representado como Maomé diz ‘eu sou o profeta, idiota!’, e o outro responde ‘feche a boca, infiel’


charlie-habdo-outubro


“Um papa moderno”, diz a capa de 2013 com Francisco. A cena faz referência a uma cena de um reality show da França que ficou famosa no país, em que uma participante questiona uma mulher que não tem shampoo. ‘Você é uma mulher e não tem shampoo. Alô. Alô’, disse a integrante do programa


charlie-papa



“Enfim, livre!”, diz Bento XVI em charge na capa da edição da ‘Charlie Hebdo’ que faz piada com sua renúncia


bento


 


Capa de 2013 sobre o grupo feminista Femen diz que as manifestantes ‘assumem a liderança’, fazendo um jogo de palavras com a expressão ‘tomar as coisas pelas mãos’ 


femen_1


 


Última edição de 2014 com uma sátira ao presidente Hollande, dizendo que a popularidade dele ‘sobe entre os labradores’. Na mesma capa, há ainda menção a uma narração da ‘verdadeira história do menino Jesus’


capa-charlie


Capa de 2014 com Sarkozy e Carla Bruni pergunta se o francês irá ‘finalmente entrar em cena’, com o personagem repetindo ‘eu entro, eu não entro’


sarkozy_1


‘Vaticano: outra eleição fraudada, estampa a capa de março de 2013 com a figura de Jesus Cristo. No desenho, o personagem diz: ‘soltem-me, eu quero votar’


capa-jesus


Gostaria de deixar bem claro que sou a favor do respeito a todas as religiões, mas que sou muito mais a favor da liberdade de expressão e que nada justifica o ato terrorista ao jornal.


E vocês o que pensam a respeito do assunto?


 

MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores