arrow_back

Resultado da busca por: "como “acidente pavoroso”"

Após frases desastrosas, Marcela proíbe Temer de falar 

O presidente Michel Temer foi proibido de dar entrevistas pela primeira-dama. Marcela tomou a decisão depois de Temer dizer coisas como “acidente pavoroso” e chamar o real de cruzeiro. Na semana passada Temer proibira a mulher de dar declarações.


“Agora os dois estão mudos e se comunicam apenas pela linguagem de sinais”, disse um amigo do casal.


Especialistas dizem que a chance de o país voltar a crescer agora ficou maior.


Leia também: as sete piores gafes de Temer (até agora)



As 7 piores gafes de Temer (até agora)

Saudá-lo-emos. Em pouco mais de cinco meses de governo, o presidente Michel Temer já acumula uma lista de gafes de respeito. Quem sentia saudade de estocar o vento, pode estocar as bolas fora do presidente. A seguir, uma coletânea com as melhores gafes de Temer até agora. A última foi hoje, e é nossa primeira da lista:


Real virou cruzeiro


Durante uma solenidade da saúde, Temer disse que o governo tinha economizado 800 milhões de cruzeiros. Trocar as palavras assim já é demais mesmo para quem vive chamando golpe de impeachment.



 


Eu sou sincero


Pouco depois de uma entrevista no Roda Viva, da TV estatal, Temer não mediu palavras e disse ao repórter: eu cumprimento vocês por mais essa propaganda. Veja no minuto cinco do video abaixo.


 


Pastilha!


Bem no discurso da posse, o presidente engasgou e ficou com uma voz demoníaca. Em seguida, clamou por pastilha. Sinistrooooo.


 


Câncer útil


Em visita ao governador do Rio, que se recuperava de um câncer, Temer resolveu bancar o engraçadola. Ele disse que o câncer tinha feito bem ao governador, que “parecia mais bonito”. Bonito, hein, seu Temer…


Que rei sou eu?


O presidente confundiu os reis. Em entrevista ao Globo, ele disse que se sentia assim sentado na cadeira de presidente:


— Eu me sinto aqui como Carlos Magno. Quando eu tinha 11 anos de idade, eu ganhei um livro chamado “Carlos Magno e os 12 cavaleiros da Távola Redonda” e eu li aquele livro e era assim: os doze cavaleiros”.


Rei Arthur manda lembranças.


Golpe, que golpe?


Durante uma entrevista a Roberto D’Ávila, Temer falava sobre o uso do avião pela ex-presidente Dilma quando saiu-se com uma pérola. Ele disse que Dilma usaria o avião “denunciando o golpe”. Depois ainda postou no twitter a mesma frase, sem colocar nem um “suposto” antes do golpe. Ato falho…



Foi pavoroso


Temer fez silêncio de três dias sobre o massacre. E, quando abriu a boca…. Era melhor que ele tivesse ficado calado. Classificou as mortes como “acidente pavoroso”. Diante da gritaria geral, ainda usou o twitter para tentar se defender.



Faltou o exemplo para entender melhor. A gente ajuda: “Temer assumir a presidência foi um acidente pavoroso”.


Dilma Rousseff curtiu isso



 


 


 



MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores