arrow_back

Resultado da busca por: "carolina"

O conceito de vizinha ciumenta acaba de ser atualizado


Toda vizinhança tem uma mulher que briga com todas as vizinhas por ciúme do marido, ou um cara que ameaça dar tiro em todos os caras que cumprimentam sua esposa.


Ambos geralmente acabam sozinhos depois de um tempo. Ou se casam um com o outro.


Da leitora Maria Carolina Sarcinelli.

21 lindos locais abandonados

Estes lindos locais, apesar de abandonados, continuam muito interessantes.lindos locais


Apesar de provavelmente ser um local assustador pra quem tem medo de mortos, a foto desta casa funerária está muito bonita



Usina elétrica abandonada na Hungria


Lindo hotel antigo abandonado



Igreja de 1988 embaixo da água em Petrolândia, no Brasil


Autoescola abandonada


Castelo abandonado na Hungria


Ilha abandonada no Japão


Sala de controle de uma usina abandonada na Hungria



A casa de um enólogo abandonada em Portugal


Linda casa abandonada contemplando o outono com uma bicicleta antiga na frente



Hotel abandonado no norte da Itália


Casa abandonada rodeada de fazendas


Ilha de Hashima, no Japão



Hotel Belvedere abandonado na Suíça


Salão de baile de um palácio abandonado na Polônia


Computadores antigos abandonados em uma loja na Carolina do Norte, nos Estados Unidos



Mansão do século XVII na Itália



Um antigo depósito de trem abandonado em Detroit



Este escritório é de um hospital abandonado e, vamos combinar, parece uma cena do Resident Evil 2.


São de fato, lindos locais!


O post 21 lindos locais abandonados apareceu primeiro em O Macho Alpha.

21 arquiteturas curiosas ao redor do mundo

Arquiteturas curiosas seguem histórias e culturas de países ao redor do mundo, é por isso que estas aqui espalhadas pelo mundo são tão interessantes.


Uma casa moderna e curiosa em Venice, distrito da Califórnia


arquiteturas curiosas



Rua helicoidal em Xunquim, na China



Rodovia passando acima de Nápoles, na Itália



Lutador de karatê “cortando um prédio ao meio” em Okinawa, no Japão



Prédio muito esquisito em Karamamaras, na Turquia



Casinha amarela no México



Esta casa que tem uma janela que parece uma porta fica em Failsworth, na Inglaterra



Prédio consideravelmente esquisito em Montpellier, na França



Uma linda cabana flutuando na Noruega



Uma rua muito esquisita em Chimbote, no Peru



Mais uma edificação muito estranha em Arrondissement, na França



Uma casa muito artística em Banská Bystrica, na Eslováquia



Um edifício extremamente fino, com 3 metros e meio de profundidade em Curitiba, no Brasil



Esse dá um ruim só de ver



Um posto de gasolina da Shell da década de 30 em Winston-Salem, na Carolina do Norte



Será que cavocaram na pedra pra produzir esta casa?



Este prédio em Bangkok, na Tailândia, parece muito com aqueles prédios futuristas de filmes pós-apocalípticos



Este prédio esquisito fica no Cairo, no Egito



Parede viva em Singapura



Esta casa em Portland, no Oregon, é muito estranha MESMO



Saída de incêndio num prédio em São Paulo



De fato estas são arquiteturas curiosas de verdade e mostram a quantidade de cérebros criativos que temos no mundo.


O post 21 arquiteturas curiosas ao redor do mundo apareceu primeiro em O Macho Alpha.

A triste e cruel história da execução de George Stinney Jr

A execução de George Stinney Jr é um dos capítulos mais tristes e cruéis da história dos Estados Unidos.


execução de George Stinney Jr


No ano de 1944, ele foi sentenciado à morte na cadeira elétrica no estado da Carolina do Sul. George tinha apenas 14 anos, foi julgado em pouco mais de 2 horas e o veredicto foi dado em 10 minutos.


A cisma racial era muito forte na época e ser negro podia ser o fiel da balança para alguém ser considerado criminoso, o que possivelmente aconteceu, pois todas as pessoas do juri eram brancas.


70 anos depois, a execução de George Stinney Jr foi considerada errada e a mesma corte que o sentenciou à morte, reconheceu sua inocência em 2014.


A acusação do crime e execução de George Stinney


George era descendente de africanos e foi acusado do assassinato de duas meninas brancas de 11 e 7 anos. Betty e Mary foram encontradas mortes próximas da casa da família do garoto.


George era de Alcolu, uma pequena cidade do condado de Clarendon, na Carolina do Sul e ser negro naquela região já era muito sofrido por si só.


Para piorar a situação, os pais dele foram deixados de lado durante o julgamento, sendo ameaçados e ordenados para que deixassem a cidade para que não sobrasse para eles.


George ficou 81 dias preso numa cela a 80 quilômetros de sua cidade natal, tendo nunca mais visto seus pais até sua morte.


Cena do filme “Carolina Skeletons”, de 1991


Para a execução, foram colocados livros para o garoto sentar em cima e atingir a altura necessária para usar o capacete com eletrodos que desferiu a carga de 5.380 volts em seu corpo.


A incansável luta de seus pais


Apesar de terem sido obrigados a sair da cidade para não serem também vítimas da injustiça praticada contra George, seus pais não deixaram de lutar pela busca da verdade.


Um álibi fortíssimo foi evidenciado por sua irmã, Amie, que em 2014 afirmou que estava com seu irmão vendo uma vaca pastar quando viu as meninas que mais tarde seriam assassinadas passando de bicicleta.


O julgamento de George beirou o absurdo, a família não teve direito a bons advogados e o que estava lá para defendê-lo, não o fez com muita vontade, afirmando apenas que o garoto era muito jovem para ser executado ao invés de apresentar testemunhas e provas de que ele não tinha feito nada.


O advogado poderia ter recorrido, mas não o fez, deixando o garoto à mercê da justiça, que determinou a execução de  2 meses depois, no dia 16 de junho de 1944.


Após a sentença, o advogado não recorreu e, menos de dois meses depois, em 16 de junho de 1944, foi determinada a execução de George Stinney Jr.


Quase 70 anos depois o advogado Steve McKenzie reabriu o caso, afirmando que não houve justiça e que George foi um inocente assassinado.


“Além do fato óbvio de que não houve um julgamento justo neste caso, não há provas, não há confissões escritas, mas apenas aquelas feitas na frente de policiais brancos. Não há testemunhas, não há transcrições do julgamento muito breve, nada que indique que o menino era culpado”.


O juiz Mullen decidiu ir a fundo no caso, ouvindo testemunhas, re-analisando os resultados da autópsia e lendo os depoimentos do garoto, decidindo por anular a sentença.


O filme “À Espera de um Milagre” foi uma homenagem a ele.



A justiça terrena tardou a ponto de prejudicar a vida de vários inocentes.


O post A triste e cruel história da execução de George Stinney Jr apareceu primeiro em O Macho Alpha.

32 fotos das lindas concorrentes do Miss México 2020

As competidoras do Miss México 2020 posaram para um lindo ensaio onde a participante de cada estado posou para lindas fotos.


Miss Estado De México, Perla Franco


Miss México 2020



Miss Guanajuato, Georgina Villanueva



Miss Nayarit, Blessing Chukwu



Miss Sinaloa, Elizabeth Vidan?a



Miss Querétaro, Valeria Ruíz



Miss Guerrero, Isabel Ruíz



Miss Jalisco, Mariana Macias



Miss Aguascalientes, Ximena Hita



Miss Campeche, Jennifer Álvarez



Miss Ciudad De México, Jéssica Farjat



Miss Chihuahua, Isela Serrano



Miss Oaxaca, Sabrina Góngora



Miss Durango, Carolina Thomas



Miss Colima, Daniela Ramírez



Miss Quintana Roo, Regina González



Miss Nuevo León, Evelyn Álvarez



Miss Michoacán, Karolina Vidales



Miss Tamaulipas, Naila Navarro



Miss Chiapas, Rocío Carrillo



Miss Sonora, Ayram Ortíz



Miss Puebla, Valerie Bartsch



Miss Baja California Sur, Diana Ramírez



Miss Coahuila, Georgina Vargas



Miss Veracruz, Andrea Munguía



Miss Yucatán, Ana Paulina Rivero



Miss Morelos, María Fernanda Hutterer



Miss Hidalgo, Jaqueline Gómez



Miss Zacatecas, Karina Román



Miss Tlaxcala, Fedra Alpés



Miss Baja California, Daniela Pedroza



Miss Tabasco, Gildy Reyes



Miss San Luis Potosí, Daniela Sánchez Acosta



O post 32 fotos das lindas concorrentes do Miss México 2020 apareceu primeiro em O Macho Alpha.

MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores