arrow_back

Tá rolando a tal da 38º MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA – SP

Tá rolando a tal da 38º MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA – SP

Vim fazer um convite pra galerê marota da internet. Essa semana o post é um pouco injusto com quem não mora na selva de pedra, vulgo São Paulo, mas como bom estudante de cinema que sou (ou não, já que tô na faculdade desde 2012 e é a primeira mostra da minha vida), não posso ser colunista de cinema de um blog e não mandar todo mundo correr pra 38º MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA – SP.


mostra38


Sim, sim e sim! São muitos filmes, de todos os tipos, de todas as regiões possíveis e impossíveis, pra você que, depois do filme proibido da xuxa, acha que já viu de tudo nessa vida. Diante dessa imensidade de filmes, resolvi tirar a segunda-feira (20/10) para assistir todos os filmes que pude ao longo da Av. Paulista. Falando assim, cê jura que eu vi filme pra carái, mas o tempo é curto e só deu pra ver três:


1# – BAAL (diretor Volker Schlöndorff)


baal


Esse foi o primeiro da peregrinação-cinematográfica do dia. É baseado numa obra de Bertol Brech, mas assim, é BASEADO mesmo! Porque o filme é uma brisa só. Eu mesmo ainda não sei o que achei desse filme, mas posso dizer que é a estória desse tal Baal, que é um poeta bebado FEIO PARA O CARALHO que come meio mundo, juro, justamente por ser mais feio que bater em mãe. E o engraçado, ao mesmo tempo bizarro, do filme é que ele é o poeta, mas todo mundo fala de um jeito formalzão e dá umas filosofadas meio loucas. Pra resumir? É cinema novo alemão, então é a brisa do macaco louco, mas vale a pena!


Pra quem quiser experimentar:


Dia 22/10 – 21h00 – Espaço Itaú de Cinema – Pompéia Sala 1


Dia 24/10 – 19h00 – Cine Livraria Cultura 1


 


2# - Rio Corrente (diretor Paulo Sacramento)


ricorrente


SIM, UM FILME NACIONAL!

E, já adianto, impressionantemente foda! Pois é, muito bem produzido, muito bem dirigido e, com uma brisa não tão intensa como BAAL, mas não deixa de lado a piração de quem mexe com arte. Esse filme mostra a vida de um jornalista, um ex-ladrão de carros e a tal da Renata ingrata (feat. Latino) se dividindo entre os dois relacionamentos. INFELIZMENTE sua exibição foi única, no vão do MASP, ao ar livre, malz ae. Mas não pude deixar de falar do filme pra vocês, e fiquem atentos pra quando ele estiver em alguma sala de cinema, vale MUITO a pena!


 


3# - Adeus À Lua (diretor Afscheid Van De Maan)


adeusalua


Pra fechar o dia, nos acomodamos na sala 1 do Cine Livraria Cultura depois de uma bela jornada pelo mundo do cinema para contemplar a brisa de um filme Holandês. Aqui temos uma verdadeira suruba de estórias e pontos de vista, sem falar nas atitudes completamente malucas dos personagens (risos). Mas, basicamente, conta a estória do Duch, um mulequim fã da NASA e taradão pela vizinha Mary que é uma modelo muito da chapada. O foco também está nos pais do Duch, onde o pai simplesmente abandona a família pra morar com uma outra vizinha QUE ACABOU DE SE MUDAR. Galera, esse filme é MUITO DOIDO e também vale MUITO A PENA!


Não perde não:


Dia 23/10 – 20h30 – Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 5


Dia 28/10 – 14h00 – Cine Livraria Cultura 1


Galera, na boa, são 331 filmes. Então, assim, tira um dia pra sair por aí e ver filme que é uma experiência muito bacana. Mesmo que você ache o filme uma merda, são 331, algum deles tem que te agradar. E outra: referência ruim ainda é referência.


A mostra vai até o dia 29/10, ou seja, semana que vem acaba!


Tudo o que vocês precisam saber está aqui: http://38.mostra.org/br/home/


Vejo vocês por aí!



Posts mais recentes
MAIS POSTS

Compartilhar

Escolha uma rede para compartilhar

Marcadores